A ACENDER A PAIXÃO PELA BATERIA E PERCUSSÃO EM PORTUGAL

feaf-01.png
  • José Luís Dias

"Workshop de bateria, percussão e improvisação é destinado a todos os amantes de música"


Bob Moses, o lendário baterista norte-americano vai estar pela primeira vez em Portugal para uma série de seis concertos e três workshops divididos por três cidades do país: Lisboa, Setúbal e Porto. Irá juntar-se assim a Pedro Melo Alves e Vasco Trilla, onde se assumem como Alma Tree.



Quem são o ALMA TREE?


Bob Moses é um baterista lendário que moldou o som do jazz dos anos 70 e 80 nas bandas de Pat Metheny, Paul Bley, Steve Swallow, Gary Burton ou Dave Liebman. Aos 73 anos, reúne em si a experiência do jazz fulgurante que se viveu nas últimas décadas em Nova-Iorque bem como uma curiosidade pura que o mantém atento às novas explorações e rumos da música. É assim que Ra Kalam Bob Moses, o nome espiritual com que agora se apresenta, se encontra com Pedro Melo Alves e Vasco Trilla, duas novas referências imparáveis da percussão exploratória contemporânea com forte atividade discográfica nos circuitos europeus. Os três bateristas que se movem entre as correntes mais livres do jazz e da música improvisada, juntam-se num trio de percussão, combinando entre composições e improvisações as suas fortes personalidades e recursos únicos num espetáculo de diálogos profundos e imprevisíveis, com forte carácter espiritual



Nesta passagem por Portugal com 6 concertos e 3 workshops juntam-se ainda como convidados os saxofonistas marcantes do jazz e música improvisada nacional João Mortágua, Albert Cirera, Yedo Gibson, João Pedro Brandão, José Soares e Julius Gabriel, bem como o percussionista João Pais Filipe.


Conectar notas e batidas individuais a princípios mais amplos é algo natural para Bob Moses, baterista lendário que moldou o som do jazz nova-iorquino dos anos 70 e 80 nas bandas de Pat Metheny, Paul Bley, Steve Swallow, Gary Burton ou Dave Liebman. Ra Kalam Bob Moses, o nome espiritual com que agora se apresenta - significando "o som inaudível do sol invisível", é um músico com uma abordagem decididamente filosófica da música. "Cresci no mesmo prédio que Art Blakey, Max Roach, Abbey Lincoln, Elvin Jones ou Rahsaan Roland Kirk. (...) Da minha janela, eu podia ver Eric Dolphy a tocar flauta no Central Park. Ele sentava lá e tocava com os pássaros.”. Esta imagem captura a ideia de realização interior a que Moses se refere quando hoje descreve a sua relação com a música - “It’s not about entertainment; it’s about inner attainment.”

Este workshop de bateria, percussão e improvisação é destinado a todos os amantes de música, sem idade ou formação mínima.

ALMA TREE Ra Kalam Bob Moses - bateria e percussão Vasco Trilla - bateria e percussão Pedro Melo Alves - bateria e percussão Portugal Tour 2022 24 Maio - Lisboa - Galeria Zé dos Bois: workshop + concerto c/ convidados João Mortágua, Albert Cirera e Yedo Gibson link 26 Maio - Lisboa - A Graciosa: Ra Kalam concerto a solo 27 Maio - Setúbal - Capricho Setubalense: workshop + concerto c/ convidados João Mortágua, Albert Cirera e Yedo Gibson 28 Maio - Porto - Porta-Jazz: workshop + concerto c/ convidados João Pedro Brandão, José Soares e Julius Gabriel 29 Maio - Porto - Solilóquios: Ra Kalam concerto a solo 31 Maio - Porto - Ermo do Caos: concerto c/ convidado João Pais Filipe

Foto/Cartaz enviado por Pedro Melo Alves

Recentes

bmc-logo-no-background.png

 

Gostas do trabalho da LusoDrums e queres apoiar o projecto?
Paga-nos um café por apenas 1 euro!
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Spotify - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco