feaf-01.png

A ACENDER A PAIXÃO PELA BATERIA E PERCUSSÃO EM PORTUGAL

  • José Luís Dias

Um ritmo fluído e variado: “Biji” o novo single de Michael Lauren

Dia 25 de Março, marcou o lançamento de “Biji”, o novo single de Michael Lauren, Vasco Agostinho e João Custódio, membros do "The Michael Lauren Trio".






Toda esta saga musical começa com o convite por parte do também baterista Nico Guedes, para um concerto em streaming a ser transmitido ao vivo para todo o mundo.

As intenções de Michael Lauren seriam fazer também um concerto neste formato, um desejo seu já demonstrado, e com o convite para ser gravado nos estúdios na Mobydick Records, com Budda Guedes no leme da gravação, fez com que de imediato aceitasse o convite.


“Biji” transmite um ritmo fluído e variado, uma composição directa, orgânica e excitante, com solos característicos de Michael Lauren, ele que acredita que algo de mágico acontece quando se grava música desta forma, de forma energética, intensa e comunicativa.


Michael Lauren aos 72 anos de idade é considerado uma inspiração não só no meio musical como também para o seu público, na generalidade de bateristas e percussionistas.


Ele nomeia a sua música como “Jazz com Atitude”, e ao ouvirmos o seu álbum notamos de imediato o porquê deste título.


Um multistylist, Michael Lauren já tocou e continua a tocar com grandes músicos do jazz, como Benny Golson, TomHarrel, Bob Stewart, o lendário Chuck Berry, Charles Brown, Darlene Love, as estrelas Pop Paul Anna e Jones, que se apresentam ambos nos álbuns, “The Michael All Stars”, "Once Upon A Time in Portugal" e “Old School"/Fresh Jazz”. Estes álbuns foram altamente premiados e recomendados não só pela crítica nacional, mas também pela crítica internacional de jazz, sendo considerados um dos melhores 10 álbuns nacionais de 2016 e 2018 respetivamente.