feaf-01.png

A ACENDER A PAIXÃO PELA BATERIA E PERCUSSÃO EM PORTUGAL

  • Sérgio Vieira

OUVIR PARA TOCAR


Pode parecer uma pergunta parva, mas tu sabes ouvir música? Apesar da pergunta simples, a resposta pode ser um bocado mais complexa.

Digo isto, pois estamos de certa forma habituados a otimizar as nossas tarefas diárias de modo a tentar ser mais produtivos e eficazes, aproveitando ao máximo o nosso tempo com mais de uma coisa de cada vez.

E por vezes, ouvir música acaba por ficar para segundo plano... Ouvimos música quando estamos a limpar a casa, a conduzir, entre várias outras coisas onde o som acaba por servir apenas como plano de fundo.



Mas e sobre dedicar um tempo para ouvir música? Assim como assistimos a um filme ou a uma série favorita, nós precisamos de dedicar à música uma atenção só dela. Reservar um tempo apenas para ouvir. Estar 100% atentos ao que estamos a ouvir naquele exato momento. E isso requer muita concentração e um pouco de organização.

Uma dica que pode "valer" é: primeiro fazer uma lista. Escolher alguns discos que conheças e que gostes de ouvir, alguns discos que já tenhas “ouvido falar” mas que nunca ouviste, e mais alguns discos que nunca sequer ouviste falar da banda ou artista. Experimenta começar com uma lista curta (uma semana, sete discos) e dedica (no início) pelo menos meia hora do teu dia para ouvir de maneira mais aprofundada. Se conseguires ouvir o álbum completo: ótimo! Se não conseguires: ótimo também! O mais importante é teres focado a tua total atenção naquela música por alguns minutos, e que esse tipo de trabalho diário vá aumentando a tua concentração pouco a pouco.



Um bom par de auscultadores ou colunas, uma poltrona confortável e uma boa chávena de café são fundamentais também. E no meio do caminho, põem de fora as distrações e insere-te mais dentro do ambiente e atmosfera que o som oferece, seja a traçar paralelos imaginários, seja mais objetivo e técnico em relação ao que está a escutar. Mas o mais importante é estar mesmo inserido na proposta de parar por instantes e te dedicares a ouvir. E é bem verdade quando se diz que ouvir música faz parte do estudo: nem só de práticas exaustivas vive um bom músico, mas vive, também, de ouvir muito para saber o que “diz” na hora de tocar. Isso é fundamental!



Experimenta, arrisca e surpreende-te. Tira as tuas conclusões com base no que os teus ouvidos te dizem. E se vale uma indicação, aproveita a série "Jukebox" da Luso Drums para conhecer mais músicas e músicos novos. E já que estamos no início de um novo ano, desejo a todos um happy new "ear"!