A ACENDER A PAIXÃO PELA BATERIA E PERCUSSÃO EM PORTUGAL

feaf-01.png
  • Mariana Rosa

"Alma Tree" em Setúbal com Ra Kalam Bob Moses, Vasco Trilla e Pedro Melo Alves.


Na passada sexta-feira, a Sociedade Musical Capricho Setubalense recebeu Alma Tree naquele que foi um concerto de aura especial. Com estreia em Portugal, Ra Kalam Bob Moses realizou no Porto, Lisboa e Setúbal uma série de workshops para os músicos que pretendessem aprofundar os seus conhecimentos com um dos bateristas mais conceituados do mundo do jazz dos anos 70 e 80. A acompanhar os workshops seguia-se o concerto dos Alma Tree que, para além de Bob Moses, contava com a presença do baterista e compositor luso-catalão Vasco Trilla, e ainda o baterista português Pedro Melo Alves.

Envolto do público, o grupo explorou as diversas sonoridades que podem desencadear de um pequeno gesto ou da excitação do instrumento de um certo modo. No que parecia ser uma improvisação entre os três artistas, é impressionante a capacidade de interação entre músicos que se juntaram à tão pouco tempo. O ambiente musical acolheu o próprio acaso, que neste concerto fez parte do espetáculo musical.


Foto por Mariana Rosa / LD

Foto por Mariana Rosa / LD

A segunda parte do espetáculo contou com a presença de três saxofonistas de renome: João

Mortágua, Albert Cirera e Yedo Gibson. Esta parte, já com repertório pré-programado, renovou o espírito do espetáculo. A música que se encontrava impressa, continha apenas alguns motivos melódicos, todas as obras se desenrolaram de um modo bastante interativo entre os músicas, que reagiam entre si como se de uma conversa se tratasse. O espetáculo foi interrompido pela longa noite, que se refletiu no cansaço do público e dos músicos (que contavam já com feridos em campo).


Apesar de se tratar de uma linguagem musical contemporânea, e que para alguns possa ser considerada uma música elitista, os músicos tiveram a capacidade de criar uma atmosfera imersiva, estimulante e ao mesmo tempo relaxante.


Já no fim do concerto, após umas palavras de agradecimento por parte de Pedro Melo foram nomeados os próximos concertos e a futura realização de um disco. Assim, ficamos a aguardar ansiosamente pelos próximos capítulos deste agrupamento de essência tão pura.

Recentes

bmc-logo-no-background.png

 

Gostas do trabalho da LusoDrums e queres apoiar o projecto?
Paga-nos um café por apenas 1 euro!
  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Spotify - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco